De carro ao Sul do Brasil – Quinta Parte

Olá amigos leitores! Neste capitulo iremos falar da última parte desta incrível viagem, à qual chamamos ‘De carro ao Sul do Brasil’. Continuamos ainda em Cambará do Sul RS, mais uma noite de muito frio, com forte geada ao amanhecer.

417
Forte geada – Sábado 20/06/2015

Na agenda do dia, conhecer o cânion Itaimbézinho, apesar da vontade imensa de permanecer no conforto do chalé mas sem hesitar, saimos para tomar o café da manhã no Pub Cristal Serra, afinal o relógio não para e a estas alturas, já marca 09:30 da manhã.

419.jpg
Pub Cristal Serra

Foi preciso muita coragem para deixar um ambiente assim e encarar o frio lá fora, mas o sol é um convite a sair para os passeios, então seguimos novamente rumo ao Parque Nacional dos Aparatos da Serra, desta vez seguindo no sentido oposto pela RS 427, estrada de terra em boa conservação mas com bastante pedras por isso sempre em baixa velocidade, até a  entrada para o parque que fica a 17 km.

422.jpg
Centro  de visitantes – Itaimbézinho

Na portaria do parque são vendidos  os ingressos individuais e do estacionamento, mais 2 km e chegamos ao centro do visitante com uma outra estrutura se comparando com o cânion Fortaleza, neste parque são duas trilhas a do vértice até a cascata do véu de noiva e a do cotovelo.

432.jpg
Cascata do véu de noiva  Trilha do vértice – Itaimbézinho

Optamos fazer primeiro a do vértice , uma trilha curta e de fácil acesso com diversos pontos de mirantes  ao longo do percurso, de onde se avista os paredões  e quedas dágua.

437
Uma rara imagem ao longo da trilha do cotovelo – Itaimbézinho

Em seguida partimos para o outro lado, a trilha do cotovelo, esta sim requer mais preparo, trata-se de uma caminhada de aproximadamente 3,5 km de ida,  por uma boa estrada pelo   meio da mata, à margem de um rio,  que leva à vários pontos de mirantes até o seu final.

438.jpg
Cânion Itaimbézinho

Proporcionando vistas de tirar o fôlego, até o final da trilha que dura em média 1 hora para ser percorrida, lembrando que depois tem o mesmo caminho de volta, por isso fica a dica, leve seu lanche, água, frutas etc.

De volta ao centro de visitantes, um breve descanso e é hora de seguir  viagem, desta vez, rumo ao litoral de Santa Catarina, saindo do Parque Nacional da Serra Geral,  ainda fazendo algumas paradas, nos mirantes da descida da Serra do Faxinal, para apreciar quanta beleza em nossa volta!

451.jpg
Mirante na Serra do Faxinal – Descendo de Cambará do Sul RS para Praia Grande SC

Continuando pela RS 427, uma estrada de terra, com descidas muito ingrimes e sinuosas, a cidade na base da serra é Praia Grande, por onde passamos direto.

461
Vista do mirante na Serra do Faxinal

Dali prá frente, percorremos a SC 108,  região litorânea passando por Jacinto Machado até Ermo, depois pela SC 285 que leva até a BR 101,  nosso  próximo destino Araranguá, onde passaríamos a noite e quem sabe pegar uma praia no dia seguinte, depois de um giro na cidade, fechamos a hospedagem em uma pousada no Morro do Convento, região muito sossegada que fica à beira mar.

473
Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens – Araranguá -SC

Ainda no final daquele sábado 20/06/2015, fomos à missa para agradecer tantas graças vividas ao longo desta viagem e com um motivo especial comemorar com o aniversariante do dia;  Este tal Viajante Corredor!

466
Praia Morro dos Conventos – Araranguá – SC – Frio até para pinguim. 

Manhã de Domingo  dia 21 de junho de 2015, lembra daquela onda de frio que acabamos de vivenciar nas serras? Pois é, também estava por aqui, por isso, aquele  banho de mar ficou só na vontade, pois até os pinguins não estavam aguentando. Deste modo, o jeito foi fazer as malas, deixar a pousada e seguir para Curitiba, pela BR 101.

474
Balneário Camboriú SC

Uma parada em Balneário Camboriú, para almoço e algumas compras, de volta às estradas, Curitiba é logo ali. Chegamos no final do dia e nos hospedamos no badalado Bairro de Batel, por onde saímos a passear e para jantar, com direito de até passar no Hard Rock Café, nada mal para finalizar a noite ,naum eh?

475.jpg
Hard Rock Café – Bairro Batel – Curitiba PR

Segundona dia 22/06/2015, acordamos bem mais tarde,  permanecemos no conforto  do hotel, mas é chegada a hora de seguir, desta vez meus caros, é hora de ir para casa!

479
BR 116 Saindo de Curitiba para São Paulo

 

Deixando Curitiba, pela BR 116, bora pra casa!- Valinhos Interior de SP, onde chegamos às 16:00 horas, depois de 11 dias rodando por esta incrível viagem de carro ao Sul do Brasil. Foram muitas cidades, diversos passeios, inúmeros contatos  com muita gente boa,várias experiências vividas, 2.993 kilómetros rodados, nenhum pneu furado, nenhuma avaria no carro,  bastante fotos, alguns videos , muita, mas muita alegria e felicidade deste casal,  ao realizar o projeto desta viagem que resumimos com uma só uma  palavra “ABENÇOADA”

Nossos agradecimentos a todos, que de uma forma ou de outra nos apoiaram, à todas as pessoas que fazem parte desta história, aos Filhos Jessy e Jhonny que nos incentivaram sempre e principalmente a DEUS que nos permitiu viver e realizar tudo com sua graça…

Dica da Vez! Sob a direção de um forte general, não haverá jamais soldados fracos – Nossa história e nosso futuro, pode depender de muitas coisas, mas principalmente, depende de cada um nós.

Continue nesta viagem com a gente – Viajar é preciso! – Em breve novas histórias.

Obrigado e abraço a todos!

Viajante Corredor.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s